Erros Pré-Analíticos

Saiba quais são principais erros da fase pré-analítica e como evitá-los!

Erros Pré-Analíticos

Saiba quais são principais erros da fase pré-analítica e como evitá-los!

O objetivo mais importante da medicina diagnóstica é garantir um atendimento seguro, com resultados rápidos e confiáveis. Esses resultados são responsáveis por quase 75% da avaliação médica, ou seja, isso representa três quartos das considerações totais do quadro de um paciente. Então é muito importante o cuidado e a atenção com os erros na fase pré-analítica sejam totalmente minimizados. Porque dessa forma o seu laboratório pode garantir a sua confiabilidade.

Erros fase pré-analitica

A fase pré-analítica se inicia lá na solicitação das análises, ela passa pela obtenção das amostras e antecede o processamento do analito. Essa fase tem duas etapas: a primeira é a Preparação do Paciente e isso inclui as instruções, a identificação, o cadastro. A segunda é a Coleta do Material biológico que envolve a identificação da amostra, a triagem, o transporte, o armazenamento e a verificação da qualidade. Ou seja, não adianta ser o melhor laboratório de diagnóstico, nem ter os melhores equipamentos ou os melhores profissionais se essa fase não for feita corretamente. Se a amostra estiver ruim, todos os resultados a partir dela também serão ruins, ou seja, não vai refletir a condição real do paciente. Portanto, essa fase inicial é determinante para um diagnóstico correto.

Análise Bioquímica


Erros de Preparação do Paciente

No processo de Preparação do Paciente a solicitação dos exames é fundamental para um diagnóstico correto. Em outras palavras, é importante que o médico ou o laboratório forneçam todas as instruções necessárias para a realização do exame; como por exemplo, a necessidade de se realizar um jejum prolongado, restrição de atividades físicas, consumo de medicamentos e até mesmo a ingestão de álcool. Esse último é um causador de muitos erros pré-analíticos, pois muitos pacientes ingerem bebidas alcoólicas até dois dias antes da análise e isso acaba comprometendo bastante os resultados.

Portanto devemos sempre ficar atentos ao processo de Preparação do Paciente, tomando o cuidado de fazer as perguntas certas para eles. E caso necessário  pedir inclusive que voltem para a coleta em dois ou três dias dependendo do que consumiram no dia anterior.

Perguntas Importantes:

  • Idade
  • Gênero
  • Tempo de Jejum
  • Se fez ou faz uso de medicamentos
  • Se fez ou faz uso de chás para emagrecimento ou outras finalidades
  • Uso de anabolizantes
  • Se praticou recentemente alguma atividade física
  • Se fez uso de bebidas alcoólicas no prazo de dois dias antes do exame
  • Suspeita de gravidez

Erros na Coleta de Material

Processamento das Amostras

Já na etapa de processamento das amostras é importante verificar o tempo de centrifugação, o armazenamento, a conservação, hemólise das amostras. Deve-se tomar um cuidado especial com as amostras obtidas para as dosagens de componentes sensíveis a luz como por exemplo as dosagem de bilirrubinas.

Outro ponto importante a ser observado é o tempo e a armazenagem das amostras, pois ambientes não controlados vão impactar na estabilidade da amostra. A estabilidade de uma amostra sanguínea é definida pela capacidade dos seus elementos de se manterem nos valores iniciais. Ou seja, dentro dos limites de variação aceitáveis por um determinado período de tempo e temperatura.

 

Técnicas de Prevenção dos Erros Pré-Analíticos

Para se prevenir de todos esses erros pré-analíticos é muito importante que os laboratórios definam previamente os critérios de aceitação ou rejeição da amostra. Pois esses erros além de gerar um grande transtorno para o laboratório e para o paciente, pode gerar custos desnecessário e até a perda de credibilidade da empresa.

Portanto, para ter resultados satisfatórios e seguros, o mais importante é padronizar todos os processos, desde a solicitação médica até a liberação de resultados. A busca por essa melhoria é que traz precisão e confiabilidade ao laboratório.

E é por isso que a BIOCLIN está sempre atenta para que esses erros não influenciem no processo de validação dos nossos produtos e nos ensaios de Controle de Qualidade. Não é à toa que nossos kits são sempre aprovados nos ensaios de Proficiência de órgãos renomados e reconhecidos pelo mercado. A gente aqui sabe da importância de preservar todas essas etapas do processo produtivo e analítico, o que garante a segurança, a qualidade e a confiabilidade para nós e para vocês, clientes.

PUBLICAÇÃO RELACIONADA
logo_versão color

Produzido por Bioclin

Quibasa – Química Básica Ltda.

Rua Teles de Menezes 92, Santa Branca

Belo Horizonte, MG

CEP: 31.565-130

CNPJ: 19.400.787/0001-07

© 2020 Todos dos direitos reservados.

Quibasa - Química Básica Ltda.

Rua Téles de Menezes 92, Santa Branca

Belo Horizonte, MG

CEP: 31.565-130

CNPJ: 19.400.787/0001-07

© 2020 Todos dos direitos reservados.